PORTAL DOS TRABALHADORES E TRABALHADORAS DE CAXIAS DO SUL E REGIÃO

         

Brasil bate recorde de mortos em 24 horas e total de óbitos ultrapassa 31 mil

(Brasília - DF, 15/05/2020) Presidente Jair Bolsonaro e a primeira dama durante Lançamento da Campanha de Conscientização e Enfrentamento à Violência Doméstica.Foto: Marcos Corrêa/PR

Com as novas mortes, país se junta ao “seleto” grupo de apenas três países que passaram das 30 mil mortes em decorrência da Covid-19; número de casos confirmados segue aumentando de forma vertiginosa

Na tarde desta terça-feira (2), o presidente Jair Bolsonaro comemorou o fato de o Brasil ter entrado para o “seleto” grupo de países que lançarão foguetes em missões espaciais, após a entrega da Base de Alcântara (MA) aos estadunidenses. O que o capitão da reserva não comentou em sua postagem, no entanto, é que o Brasil também passou a integrar um outro grupo “seleto”: o dos países que ultrapassaram as 30 mil mortes em decorrência da Covid-19.

De acordo com novo balanço do coronavírus divulgado pelo Ministério da Saúde, o Brasil bateu novo recorde de mortes causadas pelo coronavírus em 24 horas: foram 1.262 novos óbitos, totalizando 31.199. Com este número, o Brasil agora se junta aos Estados Unidos, Itália e Reino Unido – únicos países a ultrapassarem as 30 mil mortes.

O número de casos confirmados da doença também segue aumentando de maneira vertiginosa. Segundo o balanço mais recente, foram registrados 28.936 casos novos da Covid-19, totalizando 555.383.

Na tarde desta terça-feira, pouco antes da atualização dos números do coronavírus no país, Bolsonaro voltou a minimizar a quantidade de óbitos e disse que a morte “é o destino de todo mundo”.

Revista Forum