PORTAL DOS TRABALHADORES E TRABALHADORAS DE CAXIAS DO SUL E REGIÃO

         

Centrais Sindicais buscam saída contra crise e combate ao desemprego

00-centrais-reuniao-destaque2

Com foco na atual conjuntura e com o objetivo de construir saídas para os retrocessos que mergulham o país em uma das piores crises já vistas e condenam milhões ao desemprego, as centrais sindicais (CTB, Nova Central, UGT, CSB, Força Sindical) se reuniram na tarde desta segunda-feira (4), em São Paulo.

Na pauta, a retomada do crescimento com geração de emprego, valorização do salário e distribuição da renda. A organização sindical também foi centro da reunião. “A complexa conjuntura cobra vigilância e organicidade por parte das centrais”, avaliou o coletivo.

“O que nos une é a luta em defesa de direitos, de um projeto de retomada e de fortalecimento do movimento sindical. A CTB seguirá vigilante e mobilizada e, ao lado das centrais, vamos construir caminhos para enfrentar os desafios da luta política em curso”, afirmou o presidente nacional da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), Adilson Araújo.

Para o presidente da CTB, o momento cobra unidade, mobilização e resistência das centrais tanto na organização da luta junto às bases como na sua atuação junto ao Congresso Nacional e o Poder Executivo.

As centrais também sinalizaram a elaboração de um documento unitário que tenha por centro a defesa da retomada do crescimento, com emprego, valorização dos salários, fortalecimento do movimento sindical e combate à pobreza.

Primavera de Lutas

Adilson também propôs às centrais uma manifestação lúdica na Paulista no próximo dia 22 de setembro, quando a Primavera começa. A proposta foi acolhida pelas centrais e sinalizaram ocupar a Paulista com flores, muita resistência e muita luta.

Serviço:

Primavera de Lutas

Dia 22 de setembro
A partir das 15h, no vão livre do MASP.
Fonte: CTB Brasil

Seja o primeiro a comentar em "Centrais Sindicais buscam saída contra crise e combate ao desemprego"

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.


*