PORTAL DOS TRABALHADORES E TRABALHADORAS DE CAXIAS DO SUL E REGIÃO

         

Direção do Sindicato dos Metalúrgicos recebe economista para debater campanha salarial 2022

Economista David Fialkow Sobrinho apresenta panorama econômico.

O economista David Fialkow Sobrinho esteve presente neste sábado (30/04) no auditório da sede central do Sindicato dos Metalúrgicos de Caxias do Sul e região. O encontro teve uma apresentação sobre a conjuntura política e econômica e uma análise sobre o cenário local e a evolução dos índices de inflação dos últimos doze meses. Além do debate sobre as questões do dissídio, a direção plena da entidade ratificou por unanimidade a decisão em ampliar a estrutura da sede campestre e o lançamento do Clube do Trabalhador com obras que tornarão o local um dos maiores e melhores espaços de lazer da região, os detalhes das modificações serão disponibilizados em breve a toda a sociedade a partir de uma nova campanha de associação.

Diretoria plena aprova obras para o novo Clube do Trabalhador

A reunião da diretoria plena do Sindicato contou com ampla participação de diretores e diretoras de base que atuam em diversas fábricas de Caxias do Sul e das demais cidades da base territorial abrangida pelo sindicato. Após a abertura, o economista David Sobrinho apresentou dados da economia mundial e nacional e destacou alguns aspectos que impactam nas relações de mercado e nas economias de cada país nos últimos anos. A pandemia e a guerra na Ucrânia foram alguns dos destaques. Segundo o estudioso, a má gestão do governo federal na pandemia causou graves problemas para a indústria e para as relações de consumo internas e externas e provocou uma alta no índice de preços dos combustíveis e na alimentação, criando um aumento da inflação e perda do poder de compra dos trabalhadores e trabalhadoras. A respeito do conflito na Ucrânia, o economista destacou que os maiores prejuízos para a economia mundial vem dos embargos econômicos e restrições promovidos pelos Estados Unidos e pela União Europeia.

Após a análise do cenário mundial, o economista apontou questões da economia nacional que impactam diretamente no cotidiano dos trabalhadores e trabalhadoras. O aumento dos combustíveis, a política macroeconômica e a desindustrialização são fatores de destaque na recessão econômica e baixo crescimento da economia nacional. O presidente do Sindicato do Metalúrgicos, Sr Assis Melo comentou alguns pontos da fala do economista e apresentou o ponto de vista de que para combater essas questões seria necessário um governo central sério e com credibilidade e algumas atitudes diferentes do que vem sendo praticadas atualmente. Uma das alternativas para a retomada da economia seria a mudança na política de preços da Petrobras e o investimento na indústria nacional e geração de emprego e renda.

Presidente Assis Melo fala sobre investimentos no clube e aborda a conjuntura econômica.

Os diretores e diretoras de base também fizeram uso da palavra e comentaram os aspectos trazidos para o debate anteriormente. Alguns destacaram a importância das obras de ampliação e investimento na sede campestre e a inauguração do novo Clube do Trabalhador. Nas próximas semanas, mais informações sobre as novidades na sede campestre e novidades sobre a campanha salarial estarão sendo disponibilizadas nos canais de comunicação do Sindicato. Acompanhe!