PORTAL DOS TRABALHADORES E TRABALHADORAS DE CAXIAS DO SUL E REGIÃO

         

Dissídio: Assembleia geral da categoria metalúrgica de Caxias do Sul e região pode definir reajuste salarial de 2022

Nesta terça-feira (21/06), os representantes do Sindicato dos trabalhadores nas indústrias metalúrgicas mecânicas e de material elétrico de Caxias do Sul se reuniram com os representantes patronais na sede do SIMECS para a mais uma rodada de negociação do dissídio de 2022. A reunião durou cerca de 3 horas.

Entre as pautas discutidas estão as cláusulas econômicas e as cláusulas sociais da convenção coletiva da categoria. A principal expectativa gira em torno do reajuste salarial, também conhecido como dissídio. Considerando o índice nacional de preços ao consumidor (INPC) acumulado dos últimos 12 meses divulgado pelo IBGE, a comissão responsável pela negociação recebeu a proposta de aumento de 12% a partir de junho, na data base. No entanto, a definição final vai ficar a cargo da categoria que deverá participar de assembleia geral híbrida a ser realizada neste sábado (25/06).

Caso seja aprovado, o reajuste de 12% se aplica ao piso salarial e quinquênio, por exemplo. As alterações na convenção coletiva ficaram limitadas às cláusulas econômicas, as cláusulas sociais de direitos não garantidos pela CLT mas que são conquistas históricas da categoria na região foram mantidas e as alterações apresentadas pelo patronal nesse aspecto também se mantiveram inalteradas.

O presidente em exercício do Sindicato dos Metalúrgicos, Paulo Andrade, trabalhador da FRASLE, comentou a proposta de acordo “os trabalhadores e trabalhadoras estão sofrendo com a inflação com o aumento dos alimentos dos combustíveis e do custo de vida em geral. Por isso, fechar o acordo já na data-base é importante para que o reajuste chegue no salário da categoria e possa dar um alívio para as famílias da categoria metalúrgica de Caxias do Sul e região. Agora está nas mãos da categoria, a categoria deve participar da assembleia para tomarmos a decisão final.” afirmou o líder sindical.

A assembleia geral do próximo sábado será coordenada pelo sindicato dos metalúrgicos e a participação da categoria é muito importante para a definição do acordo. Maiores informações serão divulgadas nos canais de comunicação oficial do sindicato nos próximos dias.