PORTAL DOS TRABALHADORES E TRABALHADORAS DE CAXIAS DO SUL E REGIÃO

         

Entidades sindicais entregam pauta do aumento do piso regional ao governador Eduardo Leite durante visita a Caxias do Sul

Eduardo Leite

Sindicato dos Metalúrgicos estava representado pelo seu presidente Assis Melo

 

Na manhã desta sexta-feira (22), Guiomar Vidor, presidente da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil – CTB, acompanhado dos representantes dos sindicatos de Caxias do Sul e região, entregou ao governador do Estado, Eduardo Leite (PSDB), durante palestra na Câmara de Indústria, Comércio e Serviços de Caxias do Sul (CIC), uma carta de reivindicações, entre elas o aumento do Salário Mínimo Regional, de 8,43%, passando a valer R$ 1.297,93, após a aprovação. Para os movimentos sindicais, a valorização do piso regional, significa um instrumento de democratização, distribuição de renda, desenvolvimento e melhoria na qualidade de vida de aproximadamente 3 milhões de trabalhadores gaúchos.

Segundo Guiomar Vidor, “foi cobrado do atual governador o envio até o final deste mês (fevereiro), do projeto que estabelece o Salário Mínimo Regional do Rio Grande do Sul, com um percentual defendido pelas centrais de 8,43%”.

Além do aumento do Mínimo gaúcho, a carta de reivindicações entregue também solicitou a inclusão de novas categorias, ainda não contempladas, com a criação de novas faixas; alteração de faixas de categorias que representam; acrescentar o piso na Constituição do Estado, estabelecendo critérios de reajuste; e, a inclusão, através de lei, da garantia do piso como vencimento mínimo dos servidores públicos estaduais.

Estiveram presentes na entrega da carta de reivindicação o Sindicomerciários Caxias, Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de Caxias do Sul e Região; SINTRAHTUR; Sindiref; Sindicato dos Gráficos; Sindicato dos Rodoviários; Sindilimp; Sindisaude; Fecosul e CTB.

Seja o primeiro a comentar em "Entidades sindicais entregam pauta do aumento do piso regional ao governador Eduardo Leite durante visita a Caxias do Sul"

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.


*