PORTAL DOS TRABALHADORES E TRABALHADORAS DE CAXIAS DO SUL E REGIÃO

         

Investimentos no Brasil caem quase 50% em 2020, a maior queda entre países emergentes

Descontrole do avanço da Covid-19 no país teria sido um dos fatores, segundo relatório da entidade

O descontrole do avanço da Covid-19 no Brasil, matando mais de 157 mil pessoas, foi um dos fatores que levou o país a perder 48% dos investimentos nos seis primeiros meses de 2020. A queda foi a maior registrada entre os países emergentes, superando a média de toda a América Latina. Os dados serão publicados nesta quarta-feira (28) pela Conferência da ONU para Desenvolvimento e Comércio.

O Brasil sob Jair Bolsonaro atraiu um total de US$ 18 bilhões entre janeiro e junho deste ano, sendo o sexto destino de investimentos no mundo. Em 2019, o país ocupava a quarta posição entre os maiores destinos de investimentos. A informação é de Jamil Chade, no UOL.

A média do Brasil é similar à queda de 49% registrada em todo o mundo. De acordo com o relatório, o número é resultado direto dos impactos da pandemia nos países, que obrigou medidas de isolamento e fez multinacionais adiarem projetos.

O resultado brasileiro, no entanto, é pior que a média dos países emergentes e mais negativo que o resultado registrado na América Latina. Na África, por exemplo, a redução foi de 28%, contra 25% na América Latina e 12% na Ásia.

“Enquanto o primeiro trimestre foi relativamente não afetado pela crise econômica induzida pela Covid, os fluxos caíram no segundo trimestre levando a declínios na maioria das principais economias, com exceção do México e Chile”, diz o informe, que também aponta a interrupção dos projetos de privatização de Paulo Guedes como motivo para a queda de investimentos no Brasil.

Forum