PORTAL DOS TRABALHADORES E TRABALHADORAS DE CAXIAS DO SUL E REGIÃO

         

Mais de 500 desempregados se candidatam a 100 vagas no Feirão do Emprego promovido pelo Sindicato dos Metalúrgicos

Feirão04

A crise de desemprego que assola o Brasil externou o seu pior retrato no Feirão do Emprego promovido pelo Sindicato dos Metalúrgicos de Caxias do Sul e Região na tarde deste domingo, dia 10/03, em parceria com agência de emprego. Na expectativa de conquistar uma das 100 vagas disponibilizadas em diversas áreas, mais de 500 pessoas compareceram na sede campestre da entidade para passar por entrevista e deixar currículo. Na fila, histórias semelhantes, mas cada uma com sua particularidade. Muitos jovens buscavam uma vaga no mercado, mas também havia os que já se aposentaram, mas tentam reingressar ao trabalho.
Com 62 anos de idade, Clenoir Martins de Oliveira, se aposentou em 2005, tento como atividade profissional o polimento. Com a crise, ele mergulhou nos empréstimos consignados para aposentados oferecidos por bancos, mas em pouco tempo Oliveira viu desaparecer o salário de R$ 1.600,00.
“Espero conseguir algo na área de Polimento que foi o meu último emprego A situação para sobreviver se tornou insustentável Hoje, o meu salário se resume a cerca de R$ 500,00 por mês, porque o restante vai tudo para os empréstimos que fiz”, lamentava na fila.

Feirão02
O olhar de esperança de Seu Clenoir contrastava com o de Sovine Kelly da Silva, 21 anos. Mãe do pequeno Guilherme de três anos, ela resolveu deixar Canoas há uma semana para voltar a morar com avós em Caxias. Neste curto período na cidade, ela conta que já distribuiu cinco currículos. A experiência de Savani vem da área do comércio, onde atuou como vendedora, caixa e atendente de balcão.

“Tudo o que quero é recomeçar minha vida e oferecer uma vida melhor para o meu filho”, desabafou ela.

Feirão06
Enquanto esperavam a vez de serem chamados, os candidatos às vagas contaram com uma infra-estrutura de serviços e atividades culturais. Em homenagem ao Dia das Mulheres, maquiadoras e cabeleireiros se dispuseram a dar uma nova aparência de homens e mulheres. As partes artísticas e culturais também contribuíram para amenizar a espera.
A Atriz Tefa Polidoro se despediu de forma emocionante do seu personagem Ternurinha que a acompanhava há mais de quatro anos. Na esquete teatral, Ternurinha atraiu a atenção do público ao apresentar a peça “Nem 1 a Menos”, alusiva ao chamado de atenção à violência contra a mulher, mas a esquete não se resume à questão de gênero. A personagem fez um passeio pelas questões de violência à mulher, mas também discorreu sobre o massacre do capitalismo, socialismo e reflexões sobre pobreza, fome, miséria e as suas conexões com a religiosidade e ensinamentos bíblicos.

Tefa01
Após a peça teatral, entrou em cena Luana Padilha e Banda, que animaram a tarde com um repertório variado que envolveu o público presente
Para o deslocamento dos candidatos que não tinham como se locomover até a sede campestre, o Sindicato disponibilizou dois microônibus e uma Van com saída de frente da sede da entidade no Centro. Os veículos saíram com os lugares praticamente todos ocupados.

Luana Padilha 01

 

Seja o primeiro a comentar em "Mais de 500 desempregados se candidatam a 100 vagas no Feirão do Emprego promovido pelo Sindicato dos Metalúrgicos"

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.


*