PORTAL DOS TRABALHADORES E TRABALHADORAS DE CAXIAS DO SUL E REGIÃO

         

Ministro Marco Aurélio Mello: “Prender Lula incendiaria o Brasil”

Brasília - O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) homenageia o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello (foto), em solenidade na sede da Corte Eleitoral (Wilson Dias/Agência Brasil)Brasília - O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) homenageia o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello (foto), em solenidade na sede da Corte Eleitoral (Wilson Dias/Agência Brasil)

O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), afirmou que uma eventual prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) incendiaria o Brasil. “Eu duvido que o façam, porque não é a ordem jurídica constitucional. E, em segundo lugar, no pico de uma crise, um ato deste poderá incendiar o País”, afirmou o ministro, logo após a manutenção da condenação de Lula pelo Tribunal Regional Federal da 4° Região (TRF-4). As informações são de Amanda Pupo e Rafael Moraes Moura, no Estado de S.Paulo.

Caso Lula seja preso, explica Marco Aurélio, se estaria acionando a nova jurisprudência do STF sobre a possibilidade de execução de pena após condenação em segundo grau. O ministro, no entanto, defende a revisão do entendimento. “Se não for preso é porque essa jurisprudência realmente não encontra base na Constituição Federal, e tem que ser revista”, disse.

Marco Aurélio é relator de duas ações nas quais o STF firmou, em outubro de 2016, o entendimento de que é possível iniciar o cumprimento de pena após a condenação em segunda instância. O ministro foi voto vencido na época. “Para os cidadãos em geral, (prisão após segunda instância) é o que vem ocorrendo, agora eu quero ver, é uma prova dos nove dessa nova jurisprudência, como eu disse, se forem determinar a prisão do ex-presidente. Eu não acredito”, completou.

 

Revista Forum

*Com informações do Estado de S.Paulo e do Brasil 247

Foto: Wilson Dias/Agência Brasil/Fotos Públicas

Seja o primeiro a comentar em "Ministro Marco Aurélio Mello: “Prender Lula incendiaria o Brasil”"

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.


*