PORTAL DOS TRABALHADORES E TRABALHADORAS DE CAXIAS DO SUL E REGIÃO

         

Movimento PARA RANDON

Diante da necessidade de proteção da saúde dos trabalhadores e trabalhadoras do Grupo Randon, e da sociedade caxiense no geral, devido à pandemia de coronavírus, os dirigentes sindicais do Sindicato dos Metalúrgicos que atuam no Grupo estão organizando uma manifestação pedindo a paralisação das empresas. O protesto será realizado na manhã desta sexta-feira, 20 de março, na rotatória de acesso à Randon.

.

A maior empresa caxiense resiste à paralisação, mesmo após as medidas anunciadas pelo Comitê de Crise produzir uma Convenção Coletiva Extraordinária, em que medidas podem ser adotadas para a recuperação das horas paradas.

.

  • Não podemos brincar com a saúde das pessoas. Este é um momento de crise, a saúde das pessoas está em jogo. Neste momento precisamos parar tudo para vencer a pandemia de coronavírus. A Randon precisa se conscientizar e parar – ressalta o diretor do Sindicato, José Amarildo de Almeida Junior.

.

O Sindicato dos Metalúrgicos apoia a iniciativa dos dirigentes do Grupo e ressalta a importância dos trabalhadores e trabalhadoras se manifestarem nesse momento, lutando acima de tudo pela sua saúde.

.

  • Parece que a Randon não entendeu o momento crítico que estamos vivendo. É sério. Muito sério. Todos estão parando, conscientes de que esse momento de paralisação é definitivo para barrar o avanço da doença e as possibilidades de tratamento a curto, médio e longo prazo. Nós vamos lutar para proteger a saúde dos trabalhadores e trabalhadoras da Randon, declara o presidente do Sindicato, Assis Melo.

.

Os organizadores salientam que durante a manifestação não haverá aglomeração de pessoas. Será tomado todos os cuidados com a saúde dos manifestantes.