PORTAL DOS TRABALHADORES E TRABALHADORAS DE CAXIAS DO SUL E REGIÃO

         

Ou testa ou para: Para garantir a vida e a saúde dos metalúrgicos e metalúrgicas, Sindicato exige testagem em massa da categoria

Ainda na manhã desta quinta-feira, 25 de junho, após a suspensão da reunião de negociação que tratava da Convenção Coletiva, realizada entre o Sindicato dos Metalúrgicos e o patronal (Simecs), a direção da entidade metalúrgica se reuniu para falar sobre a pandemia de Covid-19, a morte do primeiro metalúrgico, Olinto Nunes Xavier, o aumento do número de casos entre os metalúrgicos e metalúrgicas em Caxias do Sul, além do preocupante caso da JBS.

Os diretores concluíram que a testagem em massa é a única forma de ter a real noção da quantidade de infectados na categoria e onde encontram-se esses infectados, para que se possa realizar o isolamento necessário desses trabalhadores. Os diretores definiram que a palavra de ordem que se levará à reunião com o procurador do município, o gerente regional do trabalho e o Simecs, na tarde desta quinta-feira, 25 de junho é: “ou se testa, ou se para”.

“Vamos cobrar do poder público a testagem em massa da nossa categoria. O poder público é o responsável pela saúde da população. Nós queremos a testagem de todos os nossos companheiros e companheiras. Exigimos que todos trabalhem com a máxima segurança possível para sua saúde, para suas vidas. Ou se testa ou se para”, concluiu Assis Melo, presidente do Sindicato dos Metalúrgicos.