PORTAL DOS TRABALHADORES E TRABALHADORAS DE CAXIAS DO SUL E REGIÃO

         

Patronal não abre debate para reivindicações trabalhistas

Captura de Tela 2018-07-05 às 15.29.33

Na manhã desta quinta-feira, 05 de julho, ocorreu a quarta reunião de negociação da Convenção Coletiva entre o Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos e o sindicato patronal (SIMECS). Os empresários colocaram na mesa a pauta patronal e resistiram em debater as reivindicações dos trabalhadores.

“Estamos evoluindo nas negociações. Porém, ainda encontramos muita resistência dos patrões. Mas, o trabalhador e a trabalhadora podem ter certeza que não vamos ficar sem as cláusulas sociais e aumento real”, avaliou Claudecir Monsani, presidente do Sindicato dos Metalúrgicos.

 

Índice

O reajuste proposto pelo Sindicato dos Metalúrgicos é de 7%. Monsani acredita que o índice reivindicado pelos metalúrgicos e metalúrgicas é justo devido ao custo de vida da região da serra gaúcha, com aumentos constantes de gás, combustível, plano de saúde, luz e alimentação acima da média nacional.

“Os patrões tiveram lucro. Então, é certo que o índice reflita no salário de quem gera esse lucro”, ressaltou.

 

5ª Rodada

A próxima reunião está marcada para segunda-feira, 09 de julho, às 14 horas.

 

Data-base

A categoria metalúrgica de Caxias do Sul e Região tem sua data-base em 01 de junho. No entanto, uma cláusula da Convenção Coletiva 2017 estende os direitos nela inseridos até 30 de setembro de 2018.

Seja o primeiro a comentar em "Patronal não abre debate para reivindicações trabalhistas"

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.


*