PORTAL DOS TRABALHADORES E TRABALHADORAS DE CAXIAS DO SUL E REGIÃO

         

Poesia e verso: metalúrgico é reconhecido pelo seu talento em concursos literários

A cultura e a arte são elementos fundamentais para a expressão dos sentimentos e percepções de mundo dos seres humanos. Em diferentes formas e conteúdo são transmitidos valores e significados que trazem reflexões e inspiram a vida, deixando mais leve o cotidiano. Entre os trabalhadores e trabalhadoras que das suas mãos e conhecimento produzem a riqueza do país, há também aqueles que produzem com muito talento e sensibilidade riquezas artísticas que orgulham a todos.

É o caso de Sebastião Machado, trabalhador metalúrgico há mais de 20 anos e agora aposentado que busca representar as experiências e coisas da vida através de versos e composições. Sebastião é sócio do Sindicato dos Metalúrgicos desde 1976 e exibe com orgulho os prêmios que ganhou nos Concursos Literários promovidos pela entidade. Em 2003, ganhou primeiro lugar com a poesia “O Trabalho” homenageando todos os trabalhadores e trabalhadoras do país.

Natural de Esmeralda, se criou na Serra dos Gregórios, região que pertence hoje a Pinhal da Serra. Incentivado pelo pai, desde os 9 anos aprendeu a tocar gaita. Entre suas letras busca inspiração nas lembranças da infância e da vida simples do campo. “Meus versos são fogem da realidade, são coisas da vida. Tenho na lembrança as serenatas e o baile de rancho lá da região que nasci. Me orgulho da minha origem e de ser metalúrgico” destaca Machado.  

Além da escrita, Sebastião também gravou seus versos formato musical, com instrumental completo. “Gravei as músicas e deixei em CD, para mostrar para amigos. Não esperava que tivesse repercussão. Fico feliz quando posso mostrar aquilo que fiz.”

Para o Sindicato dos Metalúrgicos a visita do metalúrgico Sebastião Machado é uma grande alegria e seu talento e história são motivos de muito orgulho. A cultura e arte popular tem grande significado e quem a produz deve ser valorizado.