PORTAL DOS TRABALHADORES E TRABALHADORAS DE CAXIAS DO SUL E REGIÃO

         

“Se perdermos nossos direitos, nunca mais vamos recuperá-los”

19532677_1385239458236903_33921680_o

Na tarde desta quarta-feira (28), o Sindicato dos Metalúrgicos realizou assembleia para os trabalhadores da Mundial. A entidade falou sobre o dissídio 2017 e chamou os trabalhadores para o ato contra as reformas trabalhista e da previdência e pelas diretas já.

O diretor Adão Jovani Dias falou sobre a proposta apresentada pelo sindicato de 8% de reajuste salarial neste ano e as perdas da categoria com a rotatividade. “A inflação gira em torno de 3,5% na nossa data-base. Só que vamos ao supermercado e vemos que os produtos aumentaram muito mais que isso. Os trabalhadores perderam na rotatividade. Tenho certeza que há trabalhadores aqui que vieram de outra empresa, tinham a mesma função, porém agora ganham menos. A rotatividade reduz cerca de 30% dos salários. Nós perdemos muito, muito mesmo”, alertou.

Já Eremi Melo, diretora de comunicação do Sindicato, chamou os trabalhadores para participar do ato em defesa dos direitos, contra as reformas trabalhista e da previdência e pelas diretas já.
“Com a mobilização dos companheiros e a participação de todos, nós podemos barrar a votação no Senado. Todo mundo lembra que fizemos um grande ato no dia 08 de março. Obtivemos vitória e conseguimos mudar a agenda e adiar a votação”, salientou.

“Temos a necessidade de fazer um grande ato. Se perdermos os nossos direitos, nunca mais vamos recuperá-los”, constatou o presidente em exercício, Claudecir, reforçando o pedido de mobilização

Seja o primeiro a comentar em "“Se perdermos nossos direitos, nunca mais vamos recuperá-los”"

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.


*