PORTAL DOS TRABALHADORES E TRABALHADORAS DE CAXIAS DO SUL E REGIÃO

         

Sindicato denuncia: Randon emperra negociações

DSC_0835

Na manhã desta sexta-feira, o Sindicato dos Metalúrgicos realizou assembleia na Randon para denunciar o desprezo dos representantes da empresa com os trabalhadores nas negociações do dissídio 2017. Na oportunidade, os diretores sindicais entregaram material informativo sobre o Grupo. Intitulado As duas caras da Randon, o material fala sobre as atitudes dos patrões em relação aos seus funcionários, como o discurso é diferente na frente dos trabalhadores e na mesa de negociações (confira abaixo).

“Os trabalhadores precisam saber a realidade do que está acontecendo. Ao mesmo tempo que eles estão dando tapinha nas costas do funcionário, estão dizendo ‘não’ as reivindicações justas da categoria. No dissídio do ano passado, eles pediram para que os trabalhadores entendessem o momento difícil e prometeram melhorar a proposta de reajuste na negociação deste ano. Eles não estão cumprindo com a palavra. A verdadeira cara da Randon é impor o arrocho”, protestou o presidente em exercício, Claudecir Monsani.

O diretor Manoel Gomes convocou os trabalhadores à luta. “Se não lutarmos, vamos terminar sendo escravos. Ou eles valorizam a luta dos trabalhadores, ou vamos parar a Randon”, avisou. “Tudo o que conquistamos foi com unidade e luta, não vamos aceitar esse descaso”, concluiu o diretor.

 

Captura de Tela 2017-09-01 às 08.48.22

Captura de Tela 2017-09-01 às 08.48.48

Seja o primeiro a comentar em "Sindicato denuncia: Randon emperra negociações"

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.


*