PORTAL DOS TRABALHADORES E TRABALHADORAS DE CAXIAS DO SUL E REGIÃO

         

Sindicato dos trabalhadores metalúrgicos conquista 10% de aumento para a categoria

A última semana foi marcada pela consolidação da luta do movimento sindical pelo reajuste salarial para a categoria metalúrgica. A ação firme do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Metalúrgicas Mecânicas e de Material Elétrico de Caxias do Sul e região e a união da categoria deram as condições para a conquista dos 10% de aumento nos salários.

A experiência e firmeza da direção do Sindicato junto à participação massiva da categoria foram os diferenciais na mesa de negociação junto ao sindicato patronal. Uma intensa agenda de mobilizações foi realizada desde abril, com ações diretamente nas empresas, através de assembleias nas portas de fábricas, divulgação de materiais no transporte, distribuição de adesivos, junto à presença na rádio, TV e nas redes sociais. Além disso, as propostas do sindicato dos trabalhadores levadas durante a campanha salarial foram discutidas com toda a categoria a partir de assembleias ocorridas de forma virtual nos últimos meses. A última consolidou a conquista dos 10% nos salários em uma votação histórica com mais de dois mil e setecentos votantes, que aprovaram com 99,5% a proposta.

A principal pauta do reajuste salarial de 10% levantada pelo sindicato dos trabalhadores foi conquistada a partir da força e da luta diária do sindicato. Assim, a reposição da inflação oficial do período mais um aumento real fica garantida. Essa é uma marca histórica e relevante em nível nacional ficando entre as melhores negociações coletivas do país. Os metalúrgicos e metalúrgicas terão o reajuste já aplicado na folha de pagamento de julho. Para trabalhadores com menos de 1 ano de empresa, o aumento nos salários será proporcional aos meses de contrato de trabalho, conforme a tabela abaixo:

Para o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos, Sr. Assis Melo, a conquista possibilita melhores condições para enfrentar o cenário de grande inflação e garante a condição de vida dos trabalhadores. “A força do sindicato e a unidade da categoria permitiram essa conquista. Esses 10% representam um fôlego para as famílias de metalúrgicos que enfrentam o cenário de inflação e vai ajudar no reaquecimento da nossa economia local. Nós vamos seguir na luta diária pela garantia dos direitos e pela dignidade para os trabalhadores. Essa campanha salarial demonstrou mais uma vez que vale a pena lutar!” afirmou o líder sindical.

Além do reajuste nos salários, o reajuste de 10% também refletirá no piso salarial, quinquênio e auxílio-creche. As demais cláusulas sociais seguem mantidas.