PORTAL DOS TRABALHADORES E TRABALHADORAS DE CAXIAS DO SUL E REGIÃO

         

Sindicato intensifica ritmo de assembleias para mobilizar trabalhadores

20170810_071040

Na manhã desta quinta-feira (10), o Sindicato dos Metalúrgicos iniciou uma nova série de assembleias. Dessa vez para chamar os trabalhadores para o Dia de Luta dos Metalúrgicos e Metalúrgicas por valorização e contra a ganância dos patrões. O dia ainda não havia amanhecido quando os trabalhadores da Mundial e da Thomé foram convocados para a mobilização no dia 21 de agosto, data marcada para trabalhadores mostrarem ao patronal que não aceitam a proposta de reajuste salarial de apenas 3,34%.

“Os trabalhadores de Caxias são qualificados. Quando há necessidade de fazer horas e horas de serão, fazem. Só que isso não é reconhecido pelo patronal. Só vamos avançar nesse dissídio se todos os metalúrgicos e metalúrgicas se envolverem na luta. Precisamos mostrar para os patrões que não vamos aceitar migalhas”, destacou Adão Jovani Dias, diretor sindical.

Diana Lucia dos Santos, diretora sindical na Mundial, chamou os colegas para o Dia de Luta. “Onde não existir unidade e luta, não se consegue nada. Agora é hora de lutar.”

Reformas

As reformas trabalhista e da previdência também foram assuntos abordados nas assembleias. Sobre o fim da cobrança do imposto sindical, item aprovado com a reforma trabalhista, o diretor Orli Saldanha ressaltou a importância da entidade de trabalhadores: “o imposto do Sindicato patronal continua, não foi cortado na reforma. Foi cortado somente o imposto do sindicato dos trabalhadores. Eles continuaram fortes. Por que será? Nosso Sindicato é tocado por trabalhadores e não por empresários. Nós que lutamos por nós mesmos. A entidade é nossa e temos que preservá-la”, ressaltou. Já sobre a reforma da previdência, o diretor alertou: “a juventude de hoje não vai conseguir se aposentar porque vão passar o rodo em mais esse direito.”

Seja o primeiro a comentar em "Sindicato intensifica ritmo de assembleias para mobilizar trabalhadores"

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.


*