PORTAL DOS TRABALHADORES E TRABALHADORAS DE CAXIAS DO SUL E REGIÃO

         

Temer exonera ministro do Trabalho para votar após protesto do deputado Assis Melo

WhatsApp Image 2017-04-26 at 21.23.56

O presidente Michel Temer (PMDB), em evidente, embora prevista, reação a manifestação do deputado Assis Melo (PCdoB-RS) durante a votação da Reforma Trabalhista, efetuou retaliação, exonerando o ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira (PTB-RS), para que ele reassumisse o mandato, temporariamente, e impedisse a participação do deputado Assis na votação que visa tirar os direitos trabalhistas e a precarização do trabalho.

O deputado gaúcho foi destaque em vários veículos de imprensa nacionais após seu protesto quando, vestindo roupas de um trabalhador metalúrgico soldador, realizou protesto na Câmara Federal durante a sessão de votação.  Na tribuna, defendeu os trabalhadores e justificou sua manifestação: “São desses trabalhadores que lá na reforma da Previdência vocês querem acabar com a aposentadoria especial! Que querem que trabalhem até 16 horas dentro de uma fábrica. E aí, dizem que não vêm acabar com direitos! Até o tempo de ir ao banheiro querem descontar! Se isso não é retirar direito, o que é então? Eu, simbolicamente, aqui faço, mais uma vez, um apelo aos nobres deputados e às nobres deputadas para que não votem e não cometam esse crime aos trabalhadores e às trabalhadoras do nosso país. ”

O protesto, em conjunto com os demais parlamentares de esquerda, foi interrompido em alguns momentos, forçando que o deputado colocasse a gravata e o paletó para que pudesse continuar a falar.  Assis apresentou “Voto em separado” ao PL 6787/16 – da Reforma Trabalhista, que foi rejeitado pela base governista, seguido da aprovação do substitutivo do relator Rogerio Marinho (PSDB-RN). Segundo o deputado, “foi mais uma tentativa e, uma alternativa ao voto do relator da comissão, para manter os direitos dos trabalhadores e trabalhadoras, e garantir que a Justiça do Trabalho possa continuar a cumprir o seu papel. ”

Fonte: Assessoria de Imprensa do Deputado Federal Assis Melo

Seja o primeiro a comentar em "Temer exonera ministro do Trabalho para votar após protesto do deputado Assis Melo"

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.


*